A luta pela celebração

Coloca consistentemente o teu melhor pé para a frente, sem esquecer ou desvalorizar  o processo e as lições da viagem. Isso é muito importante.

Dedico este post a todas as mulheres do mundo que lutam para se celebrar a si próprias.

Todos os nossos êxitos e realizações independentemente do caminho percorrido para os alcançar, dos julgamentos ou criticas, são válidos e importantes.

Embora  grande parte das vezes, nos sentimos como se a coroa que usamos estivesse lascada, demasiado grande, e por vezes demasiado pesada para ser transportada, nós e as nossas conquistas são para ser valorizadas.

Por vezes permitimos que a nossa ansiedade ultrapasse a nossa criatividade e a nossa própria felicidade. Pode ser duro quando deixamos que as vibrações de ansiedade, dúvida e cansaço nos passam frequências negativas,  nos deitam a baixo, fazendo-nos acreditar que as nossas próprias celebrações não importam.

Brincar de super mulher está na nossa natureza. Está enraizado em ti para ajudar, curar, cuidar, amar e ouvir os outros, mas quem é a tua super mulher?

Podes ser tu se  o permitires. Podes dar a ti própria os jantares surpresa, afirmações positivas e palmadinhas nas costas por alcançar um marco miliário, independentemente do peso.

Não importa quão pequena seja a realização ou quão grande seja o fracasso. O primeiro passo é reconhecer que te esforças por ir em direção a algo que desejas. Pode ser difícil  nadar num mar de arrependimento ou tropeçar nas nossas palavras, mas o que mais importa é que tentaste. Eu ainda estou a tentar.

Lutar pelo o perfeccionismo é algo que tem causado bloqueio na minha própria viagem de celebração; por isso estou a escrever esta carta para partilhar que há beleza na imperfeição. Embora possa ser difícil de ver, há sempre alguém  que acha a tua coragem, força e compaixão motivadoras, por isso não diminuas a tua própria luz.

Lembra que  as tuas realizações não são medidas por quantos aplausos recebes, quantos “gostos” ou comentários são publicados, porque as tuas realizações não são verdadeiramente definidas pelo quanto a outra pessoa as aceita.

Muitas vezes silenciamos as nossas realizações, por medo de brilhar mais do que outra pessoa ou de ser criticado por ter a motivação e a coragem de ir em direção a algo que queremos.

Não sejas uma vítima de auto sabotagem.  Celebra a tua alegria e a necessidade de quereres ver as tuas realizações realizarem-se. Que sensação maravilhosa que isso é!

Há valor em refletir sobre o quão longe chegaste. O crescimento feito ao longo dos anos, os hábitos que se quebraram, relações que terminaram, a toxicidade e a negatividade a que viramos as costas, ajudou-te a elevar-te a novas alturas,  e só por isso merece uma celebração.

Coloca consistentemente o teu melhor pé para a frente, sem esquecer ou desvalorizar  o processo e as lições da viagem.  Isso é muito importante.

Celebra-te mais. Reconhece as tuas realizações mesmo que sejam pequenas.

Beijinhos minhas rainhas

Assinado,

Uma mulher negra que trabalha para se celebrar, celebrar a sua coroa e todos os fracassos que fazem com que os sucessos valham a pena!

Sinais de direção.

Muitas vezes com a correria do dia a dia, deixamos passar sinais que poderiam mudar significativamente a nossa vida.

Olá Rainhas.

Na correria do dia a dia é muito comum fazermos as tarefas em “piloto automático” e nos esquecermos de prestar atenção ao que acontece à nossa volta, principalmente nos sinais que recebemos do universo.

Acredito profundamente em mensagens que nos são apresentadas pelo o universo. Repostas ás nossas indecisões, duvidas e perguntas.

Por vezes enquanto andamos pelas ruas, levantamos a cabeça e olhamos para cima ou para o lado, quando não é hábito de o fazer. Acontece precisamente naquele momento daquela pergunta interna e lá está, uma pequena indicação para nos orientar.

As mensagens podem nos surgir de várias formas e maneiras e serão sempre algo que nos é familiar para nos ajudar a reconhecê-las e a interpretá-las. São símbolos, palavras, frases, números repetidos, a letra de uma música que raramente ouvimos e até a abertura de um livro numa página específica.

Mensagens que nos guiam e que nos motivam, pequenas mas diretas informações na dose certa. No entanto nem todos conseguem ver ou interpretar as mensagens subtis. É preciso prestar atenção, ser observador e recetivo á ideia que existe algo maior e mais grandioso que nós e que todos estamos ligados.

Uma certa manhã, abri a página de um blog e tive de “travar” para ler com mais atenção um post que me chamou a atenção logo na primeira frase do inicio ao fim.

Ajeitei-me na cadeira da minha secretária e inclinei-me para trás até sentir as minhas costas aconchegadas no encosto da cadeira.

Li com gosto e voltei atrás nalguns excertos. As suas descrições eram-me familiares. Este post “falou” comigo e eu fiquei agradecida por ter cruzado com este blog. Precisava daquelas palavras, daquela orientação, naquele momento.

Muitas vezes com a correria do dia a dia, deixamos passar sinais que poderiam mudar significativamente a nossa vida.

Ás mulheres que conheço, digo sempre para estarem atentas ao que as rodeia e para acreditarem que nos são dadas pequenas indicações ás nossas perguntas, grande maioria das vezes. Só precisamos de estar atentas.

Quando estamos atentas, o universo invariavelmente nos envia mais informações para nos orientarmos.

Lembrem-se de prestar atenção nos sinais do Universo.

Espero que o Universo conspire em vosso favor.

Beijinhos Rainhas.

Sabes o verdadeiro significado de gratidão?

Olá rainhas.

Enquanto navegava pela net, “tropecei”  por acaso, neste artigo,”O significado da gratidão“, escrito pela a psicóloga e bloguer brasileira, MARCIA LUZ  e devo dizer que adorei. Está escrito de uma forma simples e coesa e parece falar directamente connosco. Sobre a gratidão também escreveu, “101 motivos para agradecer”. Já li os dois duas vezes.

Eu só há pouco tempo, é que realmente comecei a escrever um pouco todos os dias, sobre a gratidão. A sensação de escrever sobre se se está grata pelo o teu dia, pela tua vida, pelas coisas boas e menos boas, é uma sensação maravilhosa e libertadora. Estar grata também pelas coisas menos boas, ajuda-nos a preparar para o futuro, a estar mais alerta. Dá-nos vontade de melhorar e ajuda-nos a pensar mais positivo e encarar o futuro de maneira diferente. As pesquisas mostram que as pessoas que praticam diariamente a gratidão são mais optimistas, satisfeitas com a vida e tem mais vitalidade.

1601121_696217880399657_340049081_n

Se olharmos com atenção ao mundo à nossa volta, sabemos que temos muito para agradecer, sem necessitarmos de nos comparar com o próximo.

Para vos fazer compreender, eu neste momento estou grata pelo o silêncio envolvente enquanto escrevo este post para o meu blog e para as minhas leitoras, enquanto saboreio uma caneca de café quente. Estou grata pelo dia maravilhoso cheio de Sol que está lá fora e que irá me permitir fazer uma longa caminhada com a minha cadelinha. Estou grata por ter acordado com inspiração e motivação para fazer melhor. Isto foi só para terem uma ideia. A minha lista é longa e todos os dias muda alguma coisa.

Para começares, só precisas de uma caneta, um caderno, sinceridade e por fim um cantinho sossegado no final do dia. A gratidão transforma-te e eu estou grata por isso.

Digam-me minhas rainhas, o que estão vocês gratas por ter?

Obrigada minhas rainhas

Beijinhos❤

%d bloggers like this: