As “guloseimas” de outono! Castanhas assadas.

O outono já chegou e com ele, o fumo e o cheiro a castanhas assadas pelas ruas portuguesas. Vai meia dúzia, uma dúzia… petiscamo-las sem, muitas vezes, termos noção de que estamos perante um fruto nutricionalmente rico e que, afinal, pode ser consumido sem grandes culpas — desde que com conta, peso e medida. Claro!

Em tempos passados as castanhas chegaram a ser consideradas o “pão dos pobres”. Hoje, encaramo-las como uma “guloseima” de outono. 

 São pobres em gordura, mas, dados os níveis de hidratos de carbono complexos e fibras, são bastante saciantes.

 Cerca de 10 castanhas assadas fornecem 36% da quantidade necessária de vitamina C, 21% de vitamina B6 e 15% de ácido fólico.

São ricas em minerais como cálcio, ferro, magnésio, potássio, fósforo, zinco, cobre e selénio.

 São uma boa fonte de energia, isenta de glúten, o que as torna aptas para serem também consumidas por quem sofre de doença celíaca.

Só coisas boas!

Além de serem um alimento com vários compostos nutricionais, as castanhas têm ainda a vantagem de poderem ser consumidas de várias formas. Há quem as prefira cruas, cozidas com erva doce ou assadas. Mas a sua versatilidade em termos gastronómicos não se limita a serem ingeridas isoladamente.

Elas podem ser confecionadas como acompanhamento de pratos, em substituto do arroz, da massa ou da batata. São também indicadas para base de sopas ou para a elaboração de sobremesas e bolos.

Cá em casa vai variando. Aqui foram assadas mas deixei algumas para fazer uma sopa!

E vocês como gostam das castanhas?

beijinhos rainhas.

Snacks: frutos secos

Além de serem muito nutritivos para a nossa saúde e bem estar, também são deliciosos. 

Olá rainhas

Como está a ser a vossa semana? Espero que esteja a ser saudável e produtiva.😊

É no local de trabalho onde passamos grande parte do nosso dia, e  onde a grande maioria se descuida no que come.

Eu faço questão de levar a minha marmita e os meus “snacks” para quando dá aquela vontade de “beliscar” qualquer coisa ou até mesmo para lanchar.

Deixo-vos com um exemplo, porque sou grande apreciadora de frutos secos. Além de serem muito nutritivos para a nossa saúde e bem estar, também são deliciosos.

SONY DSC

Snacks para o trabalho.😊🥜 Como sei exatamente o que está aqui e a quantidade, sei que não vou passar para o exagero de comer demais. 😉

Como cerca de 30 gramas de frutos secos por dia.  Quase sempre eu misturo variedades diferentes e acrescento à parte 3 ou 4 tâmaras medjool (mais saborosas e carnudas) e 10 a 15 gramas de bagas goji.

Como tenho muitas vezes pipocas simples feitas cá em casa, também levo um bocadinho comigo.

Aqui fica uma ideia do que 30 g de frutos secos podem ser. Não é exacto, mas está perto. 🌽🥜🌰😊💚

✔Amêndoas: 20-30

✔Castanha do Brasil: 10

✔ Cajus: 15

✔Avelãs: 20

✔ Macadâmias: 15

✔Amendoins: 40

✔Noz pecan: 15

✔Pinhões: duas colheres de sopa

✔Pistácios: 30

✔Nozes: 10 (inteiras ou 20 metades de nozes)

Em baixo, a importância de os incluir na nossa alimentação.

Amêndoas: rica em proteínas, vitamina E e especialmente rica em cálcio

Castanha do Brasil: rica em fibra e a mais rica fonte conhecida de selénio

Cajus: ricos em cobre, zinco e ferro

Avelãs: com alto teor de fibra, potássio, folato e vitamina E

Macadâmias: rica em gordura monoinsaturada, tiamina e manganês

Amendoins: ricos em proteínas

Noz pecan: rica em fibras e antioxidantes

Pinhões: ricos em zinco, ferro e o aminoácido, ARGININA

Pistácios: alto em proteínas, potássio, esteróis vegetais e o RESVERATROL antioxidante

Nozes: com alto teor de ácido LINOLEICO  alfa: ómega 3 e antioxidantes vegetais.

Beijinhos e continuação de uma boa semana minhas rainhas.

%d bloggers like this: