“DARABA” Guisado de quiabos.

Olá rainhas

A República do Chade, localizada no norte da África Central, é o tema do meu destino gastronómico este mês.

O quiabo é um dos legumes mais consumidos no Chade. É utilizado tanto para engrossar molhos como na preparação de sopas e guisados. Suponho que ou se adora quiabo ou se odeia, mas como acontece, eu adoro!

Por isso penso que chegou a altura de por o quiabo no centro das vossas atenções.

Vamos fazer um guisado chamado “Daraba”, que é um guisado vegan de quiabos e batata doce. Se tiveres memórias desagradáveis de infância com quiabos, espero que esta receita, ponha os quiabos de volta nas tuas boas graças!

Em vez de despejar tudo na panela e depois finalizar com a manteiga de amendoim como é a receita original, eu gosto de realmente tirar proveito do sabor de cada legume e acho que vale a pena perder um pouco mais de tempo e cuidado com os nossos ingredientes.

Incluí passos extra para cozinhar cada legume separadamente, e depois completar o guisado.

Guisado de quiabos e batata doce “Daraba (Testado)

Serve 6 pessoas.

Este é um maravilhoso guisado vegan que é muito fácil de fazer. Em cerca de 30 a 40 minutos vais estar sentada a comer um delicioso e reconfortante guisado. A manteiga de amendoim misturada no final, junta realmente todos os componentes do guisado.

Serve com arroz branco.

Ingredientes

2 colheres de sopa de óleo vegetal bio

1 cebola média picada

2 dentes de alho ralado

1 beringela com pele cortada em cubos

3 tomates pequenos cortados em cubos

1 batata doce grande cortada em cubos

1 cubo de caldo de vegetais vegan bio (opcional)

2 a 3 colheres de chá de sal

1/2 colher de café de flocos de chili

20 quiabos frescos fatiados

250g de acelga picada (também pode ser espinafres)

120g de manteiga de amendoim

Instruções

Saltear a cebola com uma colher de sopa de óleo durante 5 minutos, até amolecer. Adicionar o restante óleo e depois a beringela, refogar por mais 5 minutos. Acrescentar os tomates, e cozinhar durante alguns minutos até os tomates começarem a desfazer. Adicionar a batata doce juntamente com 1L de água. Acrescentar as especiarias e deixar ferver durante 15 minutos. Acrescentar os quiabos as verduras e cozinhar em lume brando durante 5 minutos. Colocar a manteiga de amendoim numa pequena tigela e adicionar 120ml de água quente, e misturar muito bem até até obter uma consistência cremosa e adicionar ao guisado.

Deixa ferver em lume brando durante mais 5 minutos.

Serve com arroz branco.

Espero que gostem. Cá em casa foi um sucesso!

Bom apetite!

Almôndegas de Lentilhas.

Olá Rainhas

Estão a manter-se saudáveis? Espero que sim.

A lentilha é um alimento muito rico em vitaminas e minerais que pode trazer vários benefícios para a saúde, como diminuir o colesterol, desintoxicar o organismo ou prevenir a anemia. Além disso, podem ser preparadas sem adição de gorduras, tornando-se em ótimas refeições.

Eu gosto de lentilhas, mas confesso que apenas as preparo de duas maneiras. Em saladas variadas ou como almôndegas que preparo em grandes quantidades, para poder congelar.

Para estas almôndegas:

Cozi as lentilhas que deixei de molho durante 4 horas. Passei por água e coloquei dentro de uma panela com água, sal e alho a ferver. Cozinhar por  10 minutos ou até estarem cozinhadas. Não deixo cozinhar demais, para dar às almôndegas alguma textura. Depois de arrefecer um pouco , acrescentei os restantes ingredientes misturei e levei ao frigorifico para repousar 20 minutos para ser mais fácil de moldar as bolas de lentilha. Passei por pão ralado caseiro, coloquei num tabuleiro e coloquei no congelador para solidificar. Depois de congeladas, soltei-as do tabuleiro e dividi-as por sacos térmicos para futuras refeições.

Quando decidires comer é só tirar para fora do congelador por 15 minutos e levar ao forno durante 15/20 minutos a 190ºC, dependendo da potência do vosso forno em casa.

Podes fazer um molho de tomate assado e harissa (opcional) e servir com arroz integral ou branco, acompanhado de brócolos ao vapor ou uma salada por exemplo.

Enfim, cria o teu prato com as tuas combinações. Aquele teu toque especial.

O importante é que seja um refeição equilibrada.

Pratos coloridos.

RECEITA DE ALMÔNDEGAS DE LENTILHA

200g de lentilhas cozidas (em água, sal e louro)

1 cebola grande picada

1 colher de chá alho em pó

2 colheres de chá de paprika fumada

1 colher de chá de cominhos

Salsa a gosto (ou outras ervas frescas)

2 colheres de sopa de aveia fina

1 colher de sopa de cevada

1 colher de sopa de linhaça moída

3 colher de sopa de água morna

Sal q.b

Pimenta caiena a gosto

Todos os ingredientes podem ser reajustados ao vosso gosto.

Tenham atenção com a consistência da mistura, para esta não estar demasiada seca ou demasiado mole.

Já alguma vez fizeram?

Beijinhos rainhas

Creme de cenoura e espinafres com sementes de cânhamo e abóbora.

Uma sopa simples de legumes pode ser elevada nutricionalmente, acrescentando extras no final depois de estar pronta.

Olá rainhas!

 

Já sabem o que vão jantar?

Mesmo que as descidas de temperatura ainda se manifestem de maneira tímida, uma sopa sabe sempre bem. Há grande conforto numa simples tigela de sopa quente para o jantar com uma simples fatia de pão. Não concordam? Eu adoro!

Agora que estou a 100% layoff e com isso mais tempo em casa, eu como uma sopa ao jantar dia sim dia não. Isto para evitar de comer comida mais pesada todos os dias á noite.

Mesmo fazendo exercício físico (e muito) estou inevitavelmente mais “parada”. Por isso as escolhas das comidas que ingerimos, tem que ser as mais acertadas. Para o bem da nossa saúde.

Uma sopa simples de legumes depois de pronta a ser servida, pode ser elevada nutricionalmente acrescentando extras no final, como frutos secos e sementes.

Aqui, acrescentei sementes de cânhamo e sementes de girassol ligeiramente tostadas e acompanhei com uma fatia de pão integral caseiro que fiz durante a semana.

SONY DSC

As sementes de cânhamo contém 21 aminoácidos, 9 dos quais o corpo humano não consegue produzir. O óleo de cânhamo fornece todos os aminoácidos essenciais.

Sementes de cânhamo contém:

  • Alto Teor em Ferro
  • Alto Teor em Proteínas
  • Alto Teor em Fósforo
  • Alto Teor em Magnésio
  • Alto Teor em Potássio
  • Alto Teor em Vitamina A
  • Alto Teor em Ómega 3

Semente de girassol contém:

As sementes de girassol do ponto de vista nutricional, contém cerca de 176kcal/porção (30g) sendo uma boa fonte de gordura mono e polinsaturada, fibras e proteínas, sendo também fornecedoras de vitaminas e minerais em quantidades apreciáveis, como é o caso da vitamina E e vitamina B1 e de manganésio, cobre, magnésio e selénio.

Por exemplo, apenas 30 g de sementes de girassol fornecem quase metade (47%) das doses diárias de vitamina E recomendadas para um adulto.

 

A nossa saúde começa sempre nos nossos pratos😊

#foodisyourmedicine

#saudenoprato

#healthyfoodshare

#comerbemfazbem

#nutrição

Bom jantar

Beijinhos Rainhas

 

%d bloggers like this: