23 declarações inspiradoras de mulheres negras para derrubar qualquer preconceito — Geledés

Ter a pele negra e o cabelo crespo são características que, historicamente, fazem com que mulheres ouçam verdadeiros absurdos preconceituosos. Lutando contra isso, muitas celebridades já proferiram frases inspiradoras, que deveriam ser lidas e ouvidas por todas as pessoas para, assim, derrubar o racismo que está imerso na cultura popular. A seguir, veja algumas das…

via 23 declarações inspiradoras de mulheres negras para derrubar qualquer preconceito — Geledés

Advertisements

Afro-ismos e outras cenas — Escreve Eliana, Escreve

O “Negro” e o “Africano” são criações da ocupação europeia. Antes dos colonizadores europeus chegarem a África não havia negros. Os negros apareceram como categoria para se distinguir o branco europeu. O continente Africano existia como uma pluralidade de culturas e nações e não um bloco homogéneo. Havia muita produção científica e economias robustas. Também […]

via Afro-ismos e outras cenas — Escreve Eliana, Escreve

Sugestões de presentes de ultima hora.

Olá minhas rainhas.

 

O Natal está mesmo ao virar da esquina e tenho a certeza que muitas de vós, tal como eu, ainda não terminaram de fazer as compras de Natal 😉

images (1)

O orçamento para as prendas de Natal é muito mais baixo para muitas famílias em Portugal, e entre elas famílias africanas. Por isso deixo em baixo sugestões originais e que não deixam um buraco no bolso das calças.

 

Prendas não são um bicho de sete cabeças se nos conseguirmos organizar. Requer apenas que conheças bem as preferências e gostos das pessoas de quem te rodeias.

Conjuntos de vernizes e cremes para as mãos.  Conjuntos de maquilhagem  que acabam sempre por sair mais barato do que se comprar quatro ou cinco produtos em separado. Estes conjuntos incluem sombras, pincéis, batons e lipgloss, blushs, rímel ou eyeliner. Muitos deles estão à venda com descontos agora nesta altura festiva. Perfumes e Eau de Toilette das lojas MangoZara e The Body Shoppor exemplo. Não são caros, cheiram bem, são duradouros, não causam alergias na pele e são sempre bem recebidos como presentes. Bijutarias em lojas de roupa são sempre uma boa aposta. Podes apostar também num Cabaz de Natal feito por ti em vez de o compares feito.  Também podes fazer um mini cabaz com produtos de mãos e pés, de corpo e até de cabelo. Se tens jeito para fazer alguma coisa com as tuas mãos, então mãos à obra. Sê criativa. Livros e molduras são outra opção maravilhosa.

As minhas sugestões para te organizares antes de comprar as prendas.

765_360_lista_1510592439

  1. Faz uma lista realista com o nome de todas as pessoas que queres presentear ou dar pequenas lembranças.
  2. Estipula um orçamento e segue-o à risca.
  3. Faz uma lista das prendas que queres comprar e em que lojas.
  4. No dia que fores comprar as prendas, faz isso mesmo. Apenas as prendas. Não te distraias  a entrar em lojas para comprar coisas para ti. Garanto-te que vais exceder o orçamento inicial.
  5. Não te esqueças de te vestir comfortavelmente. E tem muita paciência. Está uma selva autêntica nos centros comerciais. Se tiver o tempo agradável, aproveita para fazeres as compras na rua e bem cedo.
  6. Aproveita as promoções que estão a decorrer nas lojas, mas apenas para comprar as  prendas de Natal. O saldos dão início logo no dia a seguir ao Natal. Nessa altura é o ideal para comprares coisas para ti.

 

Alguns exemplos de presentes de ultima hora, baratos e criativos.

50bcedd3835c0.preview-620

20171211_125410DSC02310prendasprendas114025396_4ze8Q14051710_jZZpkb37b5616d093c7bde926fd5145221d1aa911d9828467b8496da11ebec55dcf0b--christmas-cookies-packaging-christmas-cookies-giftprendasaté5PC170017prendasmenos10

prendaspormenosde5

 

 

 

Boas compras de ultima hora 🙂 Sem stress!

Beijinhos rainhas

 

 

 

Jantares de Natal

Os jantares de Natal ainda estão a decorrer e saber o que vestir e como se comportar é imprescindível.

images (9)

Olá Rainhas.

Estive ausente nos últimos dois meses mas voltei com força e agradeço por esperarem 🙂

 

Os jantares de Natal (que continuam a decorrer) tem sempre os mesmos resultados desastrosos. Cheios de culpa e carregados de arrependimento no dia a seguir. Bem, pelo o menos a grande parte dos jantares de Natal das empresas são assim…

E isto porque há pessoas que simplesmente não conseguem separar as coisas e conseguem consumir álcool em quantidades doidas. O resultado é catastrófico. Com certeza que já foste a festas em que os participantes estavam tão alegres, que nem repararam que tinham a gravata torta e a camisa manchada de vinho, a saia tão curta ou um decote tão revelador,  a flirtar com o patrão ou colegas, a roupa interior à vista, ou um look tão exagerado, que mais pareciam uma árvore de Natal!

Eu já presenciei cenas “do arco da velha”… 😉

images (8)

Acho que aqui, nestas situações, é criada uma grande oportunidade de te fazeres notar. Podes fazê-lo discretamente e pelas melhores razões. Vê isto como a oportunidade de fazeres o que ninguém estaria à espera de ti. Mostrar que te sabes comportar e de te encaixares na sociedade.

Sugestões com bom senso 🙂

  • Não te esqueças de te apresentar com o teu primeiro e ultimo nome.
  • Procura saber aonde vai ser o jantar e que tipo de restaurante é para te vestires correctamente.
  • Se não souberes o que vestir, sugiro um vestido que é sempre uma boa opção e podes optar pelo tradicional vestido preto, que é uma aposta segura. Mas aproveita para usares alguma cor como o vermelho, afinal o espírito deve ser festivo.
  • Se optares por vestir um vestido, evita que este seja colado ao corpo, transparente, muito decotado ou curto demais para não parecer vulgar.
  • Não uses vestidos compridos, a não ser que sejas convidada para um jantar de gala.
  • Se és daquelas que não abdica de calças de ganga então usa umas de tons escuros e combina com um blazer e uns saltos altos. A combinação  é perfeita.
  • Procura saber quantas pessoas da tua empresa vão. Saber todos os departamentos da empresa onde trabalhas é uma obrigatoriedade, porque pode vir a ser uma vantagem no futuro.
  • Escolhe um conjunto de roupa coesa e de cores diferentes do que seria esperado de modo a chamares atenção a ti moderada mas sempre continua. Garantido 😉
  • Há jantares de Natal que acabam inevitavelmente numa saída à noite, para estes jantares aposta num vestido com brilho (mas não exageres) e metalizados. Aproveita porque é uma altura festiva mas sempre com moderação.
  • Rainhas, jantar de Natal de empresa é isso mesmo. É um jantar de colegas e não uma discoteca. Muita atenção ao que vão vestir.
  • Por ser uma altura festiva aproveita para usar o vermelho, metalizados, lantejoulas e algum brilho e aposta em tecidos como o veludo, pele e cetim para um toque de classe.
  • Evita a todo o custo falar mal de colegas para outros colegas que mal conheces. Nunca sabes quem pode estar a ouvir e podes prejudicar alguém desnecessariamente.
  • Maneiras à mesa. Nada de falar alto á mesa ou dar gargalhadas no alto da tua voz.
  • És uma rainha, senta-te e come à mesa como tal.
  • Desliga-te do telemóvel. Isto é uma oportunidade de conheceres pessoas novas.
  • Se és convidada para um jantar de Natal que não a tua empresa, tens que estar no teu melhor comportamento. Cuidado com a postura. Isto porque tu és naquele momento uma extensão e o reflexo da pessoa que te convidou. Honra-a.
  • Cuidado com as misturas de álcool. Não queres de certeza que as pessoas tenham a impressão errada de ti, sem realmente te conhecerem. As primeiras impressões contam. Contam sempre.

Em baixo algumas ideias para vestires para  o jantar de Natal. Deslumbra.

 

 

É bom estar de volta 🙂

Bejinhos!

 

 

10 coisas que nunca deves tolerar da vida —

Olá pessoal!! Muitas pessoas permitem que sua felicidade seja prejudicada, trabalhando em um emprego que odeiam, cercando-se com pessoas negativas ou tendo muito medo de sair de sua zona de conforto. É importante lembrar que você é responsável pela sua própria felicidade. Aqui estão 10 coisas que você nunca deve tolerar da vida: 1.Tentar agradar […]

via 10 coisas que você nunca deve tolerar da vida —

Who Are You Writing For? Para quem escreves no teu blog?

 

Olá Rainhas.

 

Li este post  que merece ser partilhado e lido por todos. O post original está em inglês e eu escrevi apenas um pequeno sumário, com palavras minhas e dela, apenas para te dar uma ideia do que escreve.  A maior parte dos blogues já tem um “tradutor”. Portanto, sem desculpas, lê.

 

Eu ainda sou nova no mundo dos blogues, mas também reparei no fenómeno dos novos bloggers. O que ela diz, e eu concordo, são uma série de “gostos” seguidos dos teus posts e depois logo de imediato, o “SEGUIR.” (também reparei e não gosto, porque demonstra que não é genuíno)

Ela diz ainda que dúvida (eu também) de que as pessoas tenham super-poderes, capazes de ler super rápido.  Será que lêem rápido ou o fazem na esperança de ser reciproco?

Será que escrever um blog é afinal só para acumular “gostos” e seguidores independentemente se há conexão ou não com outros bloggers?

Ter oportunidade de escrever um blog é para mim uma forma de expressão, a minha forma de expressão. O meu blogue tem um propósito. Quem  realmente lê os meu posts já percebeu isso.

Se fazes um “like” eu quero acreditar que o que eu escrevi realmente fez algum impacto, que tenham gostado do que leram e sim ser merecedora de um “gosto”.

Todos queremos ser reconhecidos e ouvidos. Também queremos acreditar que pertencemos e que nos preocupamos com os outros.

Reflecte o que realmente significa ter um blog para ti…

 

 

We all want validation and to be heard. We also all need to belong and care for others. Take a moment to pause, and notice if it is your ego-mind that is running the show here in WordPress or an expression of your authentic self.

And now consider your life…

A long-time blogger offers advice to more recent arrivals on the scene.

via Who Are You Writing For? Blogger Val Boyko Looks Beyond the “Like” Button — Discover

Beijinhos  🙂

Pobreza é pobreza.

Reynaldo Gianecchini esteve recentemente em Moçambique glamourizando a nossa Pobreza como manda a praxe. São várias as celebridades que viajam para África com dois objectivos bem distintos: férias de luxo ou trabalho voluntário. A primeira categoria acontece sobretudo fora das grandes cidades, em ilhas semi-desertas e privadas, de pouco acesso para nós, pobre locais – […]

via Glamourização da Pobreza — Escreve Eliana, Escreve