Ervas aromáticas: Salsa

São um verdadeiro concentrado de energia solar, de clorofila e de elementos vitais.

Olá Rainhas.

Costumam utilizar ervas frescas nos vossos cozinhados? Aquele cheirinho a ervas frescas picadas no momento, adoro.

Tenho sempre pelo menos 3 (ás vezes mais) qualidades de ervas frescas cá em casa.

Ervas aromáticas e as especiarias são a chave da cozinha, aquele pequeno toque que faz a diferença. São um verdadeiro concentrado de energia solar, de clorofila e de elementos vitais.

Salsa é uma das várias ervas que não falta cá em casa. Ela deve ser consumida crua, para ter proveito de todas as qualidades nutritivas. Recomendo, qualquer que seja o seu uso, de nunca a deteriorar com calor, aquecimento ou cozedura. Isso é destruir tudo de bom que a salsa tem.

É muito rica em vitamina C, A e B, contém ferro, cálcio, fósforo, magnésio, iodo, manganês, cobre, potássio, clorofila, enzimas e um óleo essencial o apiol.

 É bem mais rica em vitamina C do que o agrião, por exemplo e quatro vezes mais do que a couve ou dos citrinos.

Utiliza salsa picada em saladas variadas, para finalizar uma sopa, misturado com arroz integral e sumo de lima ou em sumos verdes.

Sê criativa! Dá o teu toque com cheirinho a salsa picada!

Beijinhos

Almôndegas de Lentilhas.

Olá Rainhas

Estão a manter-se saudáveis? Espero que sim.

A lentilha é um alimento muito rico em vitaminas e minerais que pode trazer vários benefícios para a saúde, como diminuir o colesterol, desintoxicar o organismo ou prevenir a anemia. Além disso, podem ser preparadas sem adição de gorduras, tornando-se em ótimas refeições.

Eu gosto de lentilhas, mas confesso que apenas as preparo de duas maneiras. Em saladas variadas ou como almôndegas que preparo em grandes quantidades, para poder congelar.

Para estas almôndegas:

Cozi as lentilhas que deixei de molho durante 4 horas. Passei por água e coloquei dentro de uma panela com água, sal e alho a ferver. Cozinhar por  10 minutos ou até estarem cozinhadas. Não deixo cozinhar demais, para dar às almôndegas alguma textura. Depois de arrefecer um pouco , acrescentei os restantes ingredientes misturei e levei ao frigorifico para repousar 20 minutos para ser mais fácil de moldar as bolas de lentilha. Passei por pão ralado caseiro, coloquei num tabuleiro e coloquei no congelador para solidificar. Depois de congeladas, soltei-as do tabuleiro e dividi-as por sacos térmicos para futuras refeições.

Quando decidires comer é só tirar para fora do congelador por 15 minutos e levar ao forno durante 15/20 minutos a 190ºC, dependendo da potência do vosso forno em casa.

Podes fazer um molho de tomate assado e harissa (opcional) e servir com arroz integral ou branco, acompanhado de brócolos ao vapor ou uma salada por exemplo.

Enfim, cria o teu prato com as tuas combinações. Aquele teu toque especial.

O importante é que seja um refeição equilibrada.

Pratos coloridos.

RECEITA DE ALMÔNDEGAS DE LENTILHA

200g de lentilhas cozidas (em água, sal e louro)

1 cebola grande picada

1 colher de chá alho em pó

2 colheres de chá de paprika fumada

1 colher de chá de cominhos

Salsa a gosto (ou outras ervas frescas)

2 colheres de sopa de aveia fina

1 colher de sopa de cevada

1 colher de sopa de linhaça moída

3 colher de sopa de água morna

Sal q.b

Pimenta caiena a gosto

Todos os ingredientes podem ser reajustados ao vosso gosto.

Tenham atenção com a consistência da mistura, para esta não estar demasiada seca ou demasiado mole.

Já alguma vez fizeram?

Beijinhos rainhas

Sinais de direção.

Muitas vezes com a correria do dia a dia, deixamos passar sinais que poderiam mudar significativamente a nossa vida.

Olá Rainhas.

Na correria do dia a dia é muito comum fazermos as tarefas em “piloto automático” e nos esquecermos de prestar atenção ao que acontece à nossa volta, principalmente nos sinais que recebemos do universo.

Acredito profundamente em mensagens que nos são apresentadas pelo o universo. Repostas ás nossas indecisões, duvidas e perguntas.

Por vezes enquanto andamos pelas ruas, levantamos a cabeça e olhamos para cima ou para o lado, quando não é hábito de o fazer. Acontece precisamente naquele momento daquela pergunta interna e lá está, uma pequena indicação para nos orientar.

As mensagens podem nos surgir de várias formas e maneiras e serão sempre algo que nos é familiar para nos ajudar a reconhecê-las e a interpretá-las. São símbolos, palavras, frases, números repetidos, a letra de uma música que raramente ouvimos e até a abertura de um livro numa página específica.

Mensagens que nos guiam e que nos motivam, pequenas mas diretas informações na dose certa. No entanto nem todos conseguem ver ou interpretar as mensagens subtis. É preciso prestar atenção, ser observador e recetivo á ideia que existe algo maior e mais grandioso que nós e que todos estamos ligados.

Uma certa manhã, abri a página de um blog e tive de “travar” para ler com mais atenção um post que me chamou a atenção logo na primeira frase do inicio ao fim.

Ajeitei-me na cadeira da minha secretária e inclinei-me para trás até sentir as minhas costas aconchegadas no encosto da cadeira.

Li com gosto e voltei atrás nalguns excertos. As suas descrições eram-me familiares. Este post “falou” comigo e eu fiquei agradecida por ter cruzado com este blog. Precisava daquelas palavras, daquela orientação, naquele momento.

Muitas vezes com a correria do dia a dia, deixamos passar sinais que poderiam mudar significativamente a nossa vida.

Ás mulheres que conheço, digo sempre para estarem atentas ao que as rodeia e para acreditarem que nos são dadas pequenas indicações ás nossas perguntas, grande maioria das vezes. Só precisamos de estar atentas.

Quando estamos atentas, o universo invariavelmente nos envia mais informações para nos orientarmos.

Lembrem-se de prestar atenção nos sinais do Universo.

Espero que o Universo conspire em vosso favor.

Beijinhos Rainhas.